Sites Grátis no Comunidades.net Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis
Translate this Page
ONLINE
1


 

 




Colisão de galaxias
Colisão de galaxias


Colisão de galáxias é um formidável fenômeno que ocorre no Universo em que galáxias diferentes chocam-se. As colisões duram bastante tempo para a escala humana, dadas as grandes distâncias do cosmo, em geral alguns milhões de anos -- ou até mesmo bilhões de anos.

Embora estes processos não possam ser observados ao todo, pode-se prever o que acontecerá graças às leis da gravidade.

Em 6 de agosto de 2007 o observatório espacial Spitzer da Nasa captou uma das maiores colisões cósmicas na história da astronomia.

Trata-se de quatro galáxias que se chocaram espalhando no cosmos bilhões de estrelas, Em última instância essas quatro galáxias ficarão reduzidas a uma só que terá uma massa superior 10 vezes à da Via Láctea, onde está o sistema solar da Terra.

A fusão de quatro galáxias foi descoberta acidentalmente pelo telescópio espacial quando realizava uma prospecção de um conjunto galáctico chamado CL 0958 4702 situado a quase 5 bilhões de anos luz da Terra.

Os dados da Spitzer mostram que nesta fusão há muito pouco gás, ao contrário de outras fusões galáticas, é a melhor evidência de que as galáxias do universo se formaram recentemente através de grandes fusões.

Acredita-se que em três bilhões de anos haverá um choque entre a Via Láctea e a galáxia de Andrômeda (M31) - que é duas vezes maior que a primeira.

A velocidade de aproximação é de cerca de 480.000 km/h. Ainda há incerteza se haverá uma colisão frontal ou uma interação. Uma colisão frontal formaria uma gigantesca galáxia elíptica.